Estúdio Bokja: A construção de um design social

Estúdio Bokja

a construção de um design social

Conseguir unir história e memória a uma estética distinta é a distinta filosofia de duas mulheres que buscam reinterpretar o belo negligenciado valorizando sua simplicidade. Essa é a missão de Maria Hibri e Hoda Baroudi, fundadoras da Bokja Design, que desde 2000 produz objetos verdadeiramente originais. Estas libanesas deixam sua marca no design contemporâneo, um design social através da junção de características distintas: tapeçarias antigas e têxteis, com móveis antigos.

Suas criações são icônicas no Líbano e no oriente médio pois tem impressionante identidade à sua imagem.

Beirute passa por um enorme processo de reconstrução após  15 anos de guerra civil, em que o Centro da cidade virou terra sem lei e sem dono. Ligados a partidos políticos (e, consequentemente, à religião), libaneses empunharam armas e lutaram um contra o outro. Na linha que separava o lado leste do oeste, o cristão do muçulmano, edifícios se esvaziaram, as ruas não recebiam mais pessoas, o burburinho calou-se para dar voz às armas. O Centro da cidade virou campo de batalha.Mas essa história pode ser contada de forma a ressaltar não o aspecto negativo mas as caracteristicas que fazem da cultura Libaneza algo tão incrível e rico. Assim o estúdio também produz instalações artísticas como Mapa de Lebanon à la Bokja. Inspirado pelos dias de glória de Beirute antes da guerra, apresentando uma instalação cartográfica que evoca um apego sentimental aos simpáticos ícones culturais do Líbano.
Cada peça Bokja conta uma história que ressoa no mundo contemporâneo. “Trabalhamos “no momento” de nós mesmos e do nosso entorno.”

As peças ganham identidade através dessa mescla entre encontrar a peça perfeita, geralmente inspiradas nas eras 50s, 60s e 70s, com tapeçarias exuberantes que dão nova cara a texturas antigas por isso boa parte do trabalho dessas artistas se faz nos mercados de pulgas de Beirute ou lojas de antiguidades.

Seus projetos se apropriam das cores  através das texturas de forma corajosa, trazendo uma característica especial em cada produto e em cada intervenção.
Deixando o têxtil falar, para criar uma certa consciência, mas à sua maneira – de forma humorística, alegre – para dizer às pessoas que as coisas não são o que parecem.

Um forma de levar sua mensagem para as pessoas é através de sua loja localizada no coração do centro de Beirute, o Showroom Bokja está localizado no Quartier des Arts de Saifi Village, um bairro histórico recentemente restaurado que se tornou um destino para galerias de arte e designers. Nós ocupamos o piso térreo de uma estrutura dos anos 1950 fora de uma rua historicamente conhecida por oficinas de carpinteiros.

A história do edifício traça um paralelo com o processo dos produtos que são expostos  onde ao empregar artesãos locais elas empoderam atores de práticas antigas e únicas incorporando-as à objetos modernos.  transformando o rendimento desses trabalhos em incentivo dessas práticas através de organizações daquela região dedicadas a preservar a cultura imaterial.
Combinando artesãos, carpinteiros, designers, existem pelo menos catorze mãos por trás de cada projeto e, por vezes, mais de cem anos de tradição em uma única peça de tecido.

Cresce assim uma marca com um foco e uma mensagem, conseguindo manter seu senso de vanguarda e paixão. Ressaltando que Bokja é um estúdio onde as coisas são feitas à mão e com meticulosa atenção e amor em cada detalhe.
Combinando assim histórias de um lugar, de pessoas e de seus materiais para criar design consciente de seu papel na sociedade, um design com voz.



RECEBA NOSSO CONTEÚDO POR EMAIL

Nós inspiramos você e a sua casa!


Galeria de Imagens

Estúdio Bokja:

Estúdio Bokja: A construção de um design social
5 (100%) 7 votos
Tags:

Deixe aqui seu comentário ou feedback

%d blogueiros gostam disto: